ROTAER D-AMDT 9/24 D-AMDT 16/24 Ver mudanças

Congonhas - Deputado Freitas Nobre ( SBSP ) / SÃO PAULO, SP 23 37 34S/046 39 23W
AD PUB AENA BRASIL 5S UTC-3 VFR IFR L21 , L23 , L26 802.91 (2634)

17L - L9 [1] , L10 , L12 - ( 1495x45 ASPH 38/F/B/X/U L14 , L15 ) - L9 [1] , L10 , L12 - 35R

17R - L4 , L9(2,87) [1] , L10 , L12A - ( 1883x45 ASPH 50/F/B/X/T COMP [2] [14] [15] L14A , L15 ) - L9 [1] , L10 , L12A - 35L

SBBS (CRCEA-SE)
COM -
TORRE [6] 118.050 127.150 [12]
SOLO [6] 121.900
TRÁFEGO [6] [9] 120.600
ATIS [7] [5] 127.650
RDONAV -
ILS/DME 17R ISP 109.3 2338.26S/04638.93W
VOR/DME CGO [2] 116.9 2337.65S/04639.28W
ILS/DME 35L ISO 109.70 2337.16S/04639.69W
CMB- [8] TF SER - S1   RFFS - CAT - 7
MET - MET CIVIL –

[4] [10]

AIS - AIS CIVIL – [13] (11) 2112-3450

RMK -

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
  1. Horário de funcionamento do aeroporto São Paulo/Congonhas será das 09:00 às 02:00.
  2. Entre 0900/1000 UTC e 0100/0200 UTC, serão proibidas as operações de ACFT cujos níveis de ruído estejam em desacordo com os limites estabelecidos nas subpartes “C” e “F” do Regulamento Brasileiro de Homologação Aeronáutica (RBAC 36), equivalentes aos capítulos 3, 5 e 10 do Anexo 16/volume 1 à Convenção de Aviação Civil Internacional e atualizações posteriores.
DADOS SOBRE OS PÁTIOS, PISTAS DE TAXI E PONTOS DE VERIFICAÇÃO
  1. Movimentação de ACFT na TWY SIERRA sujeita à restrição de velocidade de 15kt (nós) devido à largura estreita e à proximidade de obstáculos móveis na via de serviço paralela.
  2. Área PRKG HEL Setor W hangar LIDER, dimensão 26 x 26 M resistência 6,0t. Horário de funcionamento 0900-0000
  3. Área PRKG (Box 19) somente embarque e desembarque com permanência máxima de quarenta minutos
  4. Pátio aviação geral CLSD permanecendo 14 PSN para ACFT 09M e 01 PSN para ACFT 12M
  5. TWY OSCAR limitado OPS ACFT com envergadura máxima de 24M
  6. Pista de táxi para acesso à cabeceira da RWY 17R praticável com cautela, sendo compulsória a redução de potência para MNM de táxi entre a primeira curva após a posição nº. 2 e a posição crítica nº. 3. Ver gráfico na sala AIS.
  7. AVBL de PRKG:
    01- ACFT da aviação geral estarão sujeitas a serem desviadas para outros AD, devido pátio de PRKG e pernoite reduzido. Pátio da aviação geral, situado ao lado da RWY 17L/35R, com capacidade de 43 PSN, assim distribuídas: - 25 PSN para ACFT até 12M de envergadura; - 4 PSN para ACFT até 14M de envergadura; - 8 PSN para ACFT até 15M de envergadura; - 6 PSN para HEL.
    02- Pátios da aviação geral I e II, situados ao lado da RWY 17L/35R, destinados à estadia de ACFT. Pátio da aviação geral III Área de Manobras, situado ao lado da RWY 17R/35L, destinado à embarque e desembarque de PAX das empresas de Táxi Aéreo que operam com ACFT bimotoras, turboélice ou a jato, por tempo não superior a 01 (uma) hora, quando AUTH pela Administração do AP.
    03- Todas as PSN para PRKG de ACFT comerciais de empresas NTL e INTL no AP de Congonhas são incluídas no sistema “push-back”
    04- Somente será permitido o MAX de 40 MIN para permanência nos boxes de PRKG para os FLT domésticos regulares.
  8. Área PRKG HEL Setor W hangar LIDER, dimensão 26 x 26 M resistência 6,0t.Horário de funcionamento 0900-0000
OBSTÁCULO DE AERÓDROMO
  1. OBS OBST (antena) montado distante 5667M THR 17R AZM 023DEG ELEV 3369FT
  2. OBST MONTADO (MASTRO) LGTD ALT OTP 852,20M (2796FT) AMSL NAS COORD 233836.24S/0463818.37W
  3. OBST (EDIFICAÇÃO) LGTD COORD 233623.83S/0463820.95W ELEV 864,94M
  4. OBST MONTADO (MASTRO) NEG LGTD ALT OTP 897,55M (2945FT) NAS COORD 233609.54S/0463749.51W
  5. OBS OBST (torre) BTN THR 17L e 17R, ELEV 39FT.
  6. OBS OBST (EDIFICAÇÃO) LGTD COORD 233537.83S/0463818.65W ELEV 876,83M
  7. OBST MONTADO (MASTRO) LGTD COORD 233654,26S / 0463932,22 ALT 824,0 M (2703,50 FT) .
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DAS PISTAS
  1. RWY 17R/35L PRB OPS LDG e TKOF de ACFT da aviação geral/executiva com envergadura menor que 14,5M EXC OPS em IMC CAT I
  2. RWY 17R/35L PRB OPS LDG e TKOF de ACFT da aviação geral/executiva (ACFT Turboélices ou ACFT a Pistão).
ÁREA DE ATERRISSAGEM DE HELICÓPTERO
  1. Seção RWY 17L/35R na interseção desta com a TWY B, utilizável como área de LDG e DEP de helicópteros
REGULAMENTOS PARA TRÁFEGO LOCAL
  1. OBS AIC sobre Circulação de ACFT em voo VFR na TMA-SP.
  2. Movimentação de aeronaves na pista de táxi "S" sujeita à restrição de velocidade de 15 kt (nós) devido à largura estreita e à proximidade de obstáculos móveis na via de serviço paralela;
  3. LIMITAÇÕES:
    01- As ACFT sujeitas aos horários de transporte aéreo (REGISTRO) cumprirão, nos pousos e decolagens, o sequenciamento de tráfego estabelecido pelo órgão ATS;
    02- Somente poderão operar ACFT que possam utilizar as duas RWY para decolagem e pouso. Exceto ACFT de voo domésticos regulares de passageiros e ACFT transportando enfermos e órgãos vitais;
    03- A operação de ACFT de asas fixas só será permitida com dois pilotos, exceto as ACFT de CAT TPP, desde que operada por piloto de linha aérea (PLA);
    04- Os voos domésticos não-regulares de PAX (charter) somente serão AUTH aos SAT SUN e HOL ou fora dos horários de grande MOV a critério da autoridade aeronáutica.
  4. Com finalidade de permitir saída ACFT prontas para DEP nos HR próximos ao fechamento do AD, poderá ser suspensa APCH ACFT que ainda não tenham atingido o auxílio básico do procedimento de modo a garantir o pouso em Congonhas até as 01:45 UTC
  5. Reta final para pouso na RWY 17 deverá ser executada com cautela devido à existência de correntes descendentes próximas à cabeceira.
  6. PROC especiais ATC:
    01- Por necessidade do fluxo do TFC na TMA SP e/ou no AD, a sequência de acionamento e TAX será dada pelo GNDC São Paulo;
    02- Nos horários de alta densidade de TFC, será requerido que as ACFT efetuem suas OPS de DEP e ARR com o MNM possível de tempo de ocupação da RWY em uso;
    03- O APP São Paulo poderá vetorar as ACFT em FLT IFR para APCH visual sempre que as condições MET estiverem igual ou acima de 5KM VIS e 1000FT de teto. Nessa situação, será mantido o FPL IFR da ACFT até o piloto em comando declarar CTC visual com a RWY em uso;
    04- Nas OPS de ARR, os pilotos não reportarão para a TWR São Paulo a condição de trem de pouso. EXC situações de EMERG com referência ao seu baixamento e/ou travamento.
  7. Condições especiais de operação: As ACFT cumprindo voos regulares de PAX que não puderem OPR na RWY auxiliar deverão informar esta COND a TWR no primeiro contato.
  8. Em Condições Meteorológicas de Voo por Instrumento (IMC), proibidas operações de táxi de aeronaves com letra de código de referência "B" na pista de táxi "S", enquanto houver operação de pouso ou decolagem de aeronaves classificadas com número de código de referência 1 ou 2 na pista de pouso e decolagem 17L/35R.
  9. Enquanto houver operação de aeronaves código 3 na pista 17L/35R, proibida a utilização da pista de táxi "S" por aeronaves.
  10. Movimentação de aeronaves na pista de táxi "N" sujeita à restrição de velocidade de 15 kt (nós) devido à separação desta para a pista de táxi "M" e para a linha de segurança do pátio 3.
  11. OBS área de operação SIMUL de ACFT e HEL na FNA da RWY 17 de São Paulo/ Congonhas (Área de Controle Helicóptero), descrita e regulada em AIP Brasil SBSP AD 2.22(Procedimentos para os voos VFR dentro da CTR e Rotas VFR dentro da CTR).
PROCEDIMENTOS DE VOO
  1. Separação composta poderá ser aplicada na APRX final da RWY 17 e/ou rampa de TKOF da RWY 35 de São Paulo Congonhas (SBSP), entre ACFT IFR e HEL VFR em voo na área de controle HEL. Separação composta MIN a ser empregada: 2,5NMx500FT.
  2. O aeroporto pode ser utilizado regularmente por quaisquer aeronaves compatíveis com o código de referência 4C ou inferior;
  3. Pista de pouso e decolagem 17R/35L - Código de referência: 4C;
    - Cabeceira 17R: VFR Diurno/Noturno e IFR Precisão CAT I Diurno/Noturno; e
    - Cabeceira 35L: VFR Diurno/Noturno e IFR Precisão CAT I Diurno/Noturno;
  4. Pista de pouso e decolagem 17L/35R - Código de referência: 2B
    - Cabeceira 17L: VFR Diurno/Noturno e IFR Não-Precisão Diurno/Noturno; e
    - Cabeceira 35R: VFR Diurno/Noturno e IFR Não-Precisão Diurno/Noturno;
INFORMAÇÃO ADICIONAL
  1. OPS de ACFT com número de RCD do AD 3 na RWY 17L/35R somente em Condições Meteorológicas Visuais (VMC).
  2. THR 17R deslocada em 103M.
  3. THR 35L deslocada em 27M.
  4. Devido à necessidade de pedido prévio de slot, via Central Integrada de Slots, através do telefone (21) 2174-7500, ativada mediante NOTAM
  5. Quando a serviço de Estado (pátrio ou estrangeiro) AD AVBL para OPR LAND/TKOF INTL necessitando de prévia comunicação à administração aeroportuária e dessa para a ANAC, com antecedência mínima de 24 horas (considerando finais de semana e feriados nacionais)
  6. AD não utilizável como alternativa
  7. O acionamento de APU de ACFT ou GPU, dentro do horário de funcionamento do AD, só será permitido em áreas determinadas pela administração do AD
  8. Desde que o operador da ACFT solicite os serviços dos órgãos ATS e da administração do AD, com antecedência MNM de 40 minutos, e apresente à Seção de Aviação Civil do AD de Congonhas (SAC-SP) os documentos que comprovem devidamente a natureza da operação antes da DEP ou após LDG, será permitida a operação BTN 0200/0900 UTC à ACFT:
    01- transportando ou destinadas a transportar enfermo ou ferido grave;
    02- transportando órgãos vitais para transplante humano;
    03- engajada em operação de SAR; ou
    04- em operação MIL, assim definida pela autoridade competente.
  9. Com a finalidade de permitir a saída ACFT prontas para DEP nos horários próximo ao fechamento do AD, poderá ser suspensa APCH ACFT que ainda não tenham atingido o auxílio básico do PROC, com a finalidade de garantir LDG em SBSP TIL 0145 UTC
  10. A TWR SÃO PAULO não informará a hora de DEP às ACFT. A instrução quanto à frequência do próximo órgão a ser chamado após a DEP e, se necessárias, instruções complementares, serão emitidas juntamente com a AUTH de decolagem. Salvo em situações excepcionais, as ACFT deverão manter escuta da FREQ da TWR até o cruzamento da THR oposta à RWY de DEP.
  11. Proibições:
    01- BTN 1000/1300 e BTN 2100/0000 UTC a OPS de ACFT convencionais EXC SAT, SUN e HOL.
    02- Planos de voo visuais de ACFT de asas fixas com DEST ou origem neste AD.
    03- Sede operacional de novas empresas de táxi aéreo e de manutenção.
    04- FLT de treinamento.
    05- FLT cargueiros, EXC voos exclusivos para o transporte de malotes bancários.
    06- Experiências e cheques com quaisquer tipos de ENG de ACFT BTN 0100-1000 UTC.
    07- Aeronaves CAT A proibido OPS LDG e TKOF na RWY 17R/35L, EXC ACFT MIL e ACFT cumprindo MEDEVAC.
    08- Aeronaves CAT A proibido OPS LDG e TKOF na RWY 17L/35R de MON/TUE TIL FRI/SAT de 1000-1300 e 2200-0000, EXC ACFT cumprindo MEDEVAC, ACFT MIL e ACFT que operam segundo Regulamento Brasileiro de Aviação Civil (RBAC) 121 e 135.
  12. Sistema de desaceleração de aeronaves (EMAS) RWY 35L: 72M x 45M.
  13. Sistema de desaceleração de aeronaves (EMAS) RWY 17R: 64M X 45M.
  14. THR RWY 35R deslocada em 60M.
  15. Os seguintes serviços de transporte aéreo são autorizados:
    01- voos domésticos regulares de PAX;
    02- voos domésticos não-regulares (de PAX);
    03- voos não-regulares das empresas de táxi aéreo;
    04- voos da aviação geral.
CARTAS RELACIONADAS AO AERÓDROMO
  1. OBS VAC para entrada ou saída do circuito de tráfego
DISTÂNCIA(S) DECLARADA(S)
  1.  
RWY TORA(m) TODA(m) ASDA(m) LDA(m) ALT. GEOIDAL(m) COORDENADAS
17L 1345 1345 1345 1195 -2,22 S23 37 15
W046 39 29
35R 1345 1345 1345 1195 -2,23 S23 37 52
W046 39 03
17R 1760 1883 1760 1660 -2,22 S 23 37 15
W 046 39 38
35L 1760 1883 1760 1660 -2,23 S 23 38 03
W 046 39 04
Medidas de Runway Distance Remaining Signs (RDRS) para a 17L/35R:
  1.  
Painel (Sign) Distância de RWY Remanescente(ft) Distância de RWY Remanescente(m)
3 3455 1053
2 2454 748
1 1453 443
Medidas de Runway Distance Remaining Signs (RDRS) para a 17R/35L:
  1.  
Painel (Sign) Distância de RWY Remanescente(ft) Distância de RWY Remanescente(m)
5 5077 1548
4 4077 1243
3 3076 938
2 2075 633
1 1170 357
COMPL -
  • [1] MEHT: a. RWY 17R - 66FT b. RWY 35L - 61FT c. RWY 17L - 45FT d. RWY 35R - 47FT
  • [2] NO AVBL além de 25NM: Setor 230/240 BLW FL050
  • [3] FREQ será utilizada PROC OPR específico HEL
  • [4] EMS SER H24 (confeccionando METAR, SPECI e SYNOP)
  • [5] (DLY 0900-0300)
  • [6] (DLY 0900-0200)
  • [7] D-ATIS
  • [8] (DLY 0800-0200)
  • [9] DCL
  • [10] Autoatendimento
  • [12] FREQ reserva
  • [13] AIS SER prestado pelo Centro de Informação Aeronáutica de São Paulo (C-AIS SP), TEL PLN (11) 2112-3450. Para INFO adicionais TEL (11) 2112-3451.
  • [14] CPA: RWY 17R/35L
  • [15] GROOVING
TEMP (0)

Suplementos AIP (0)

NOTAM (Carregando ...)


Nascer/Por do Sol

09:21

20:50


RCR Reporte de Condição de Pista ( O que é isso? )
SBSP 04162154 17R 5/5/5 NR/NR/NR NR/NR/NR WET/WET/WET
RwyCC
5 5 5
RBA
BOA

RCR Reporte de Condição de Pista ( O que é isso? )
SBSP 04162154 17L 5/5/5 NR/NR/NR NR/NR/NR WET/WET/WET
RwyCC
5 5 5
RBA
BOA

METAR

170100Z 16006KT 9999 -RA FEW033 BKN100 23/20 Q1020=

TAF

162200Z 1700/1712 02005KT 9999 SCT018 TN20/1708Z TX23/1712Z PROB30 TEMPO 1700/1703 8000 RA SCT008 BKN020 RMK PGI=


OPEA/Obstáculos


Cartas (29)

ADC


AOC


IAC


PDC


SID


STAR


VAC



Rotas Preferenciais (24)